E-Commerce | Lucratividade


Hoje, a empresa que não marca presença no ambiente digital perde muitas oportunidades de venda.

De acordo com o Sebraevender no digital é uma das top 6 preocupações dos comerciantes, agravada principalmente por conta dos recentes eventos que mudaram a percepção das pessoas sobre compra online.

Segundo a ONU, hoje, mais da metade da população mundial já tem acesso à internet, o que corresponde a 3,9 bilhões de pessoas.

No Brasil, o número de domicílios conectados é de 31,68 milhões, segundo a Anatel.

Segundo o relatório da consultoria App Annie, o Brasil ocupa o 5° lugar dentre os países no ranking que mede o uso diário de celulares.

Todos esses dados são uma confirmação do crescimento do mercado digital nos últimos anos e nos apontam para um futuro promissor.

Empresas que buscam continuar crescendo e ter uma operação sólida a curto, médio e longo-prazo entenderam que somente enxugar custos não resolve. 

O segredo é sempre se perguntar como vender mais ! E para isso, uma das alternativas é expandir seus canais de venda – e pronto ! Seu Marketplace ganha mais importância para os pequenos e médios lojistas.

Tendências do e-commerce | 2022

Estar atento às tendências do e-commerce é essencial para empresas que apostam no comércio eletrônico. Até porque, com essa análise, é possível criar estratégias mais assertivas, além de acompanhar e atender às expectativas dos consumidores. 

Sendo assim, neste artigo, a Agência FG traz algumas das novidades mais significativas no ramo para o próximo ano. Além disso, você pode contar com a expertise do nosso time de profissionais para guiar seu negócio em direção à revolução digital e se destacar. Por isso, não perca nenhum detalhe e boa leitura.

Panorama do e-commerce no Brasil

O último ano foi de muitas mudanças para todo o mundo e, consequentemente, os hábitos de compra também mudaram. Com a necessidade do isolamento social, as vendas online foram a grande alternativa dos consumidores e dos varejistas. 

Segundo um levantamento da consultoria Ebit | Nielsen, o comércio eletrônico ganhou 13 milhões de novos consumidores em 2020. Além disso,o Brasil destacou-se como o 4.º país em adoção de novos hábitos de consumo desde o início da pandemia, de acordo com o estudo “Changes after Covid19, Global”.

Em virtude da comodidade e praticidade desse formato de comércio, as expectativas são extremamente positivas para os próximos anos. Tanto é que a consultoria italiana Finaria estima que as vendas no varejo de e-commerce global devem chegar a 3,4 trilhões de dólares em 2025. 

O mercado brasileiro acompanha essas tendências do e-commerce. Conforme uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), 70% dos consumidores brasileiros pretendem continuar comprando mais pela internet do que costumavam antes da pandemia. 

Com o desenvolvimento iminente, é essencial que companhia inseridas nesse mercado destaquem-se e busquem acompanhar as novidades do nicho. Sendo assim, trouxemos algumas das principais tendências que estão surgindo e podem ser cruciais para o sucesso nos próximos anos.

Tendências para ficar de olho 

O desenvolvimento da tecnologia é um grande aliado do comércio eletrônico. Por isso, é imprescindível atentar-se às inovações que podem melhorar as operações internas, assim como a experiência dos usuários. 

A seguir, listamos algumas delas que podem ser um diferencial para o seu negócio em 2022. 

Novos meios de pagamento 

Tornar a vida dos consumidores mais fácil é um dos focos da tecnologia. Sendo assim, no momento da compra, nada como ferramentas que facilitam o pagamento! No último ano, recursos como, QR Code, carteiras digitais — Apple Pay e Google Pay —,WhatsApp Pay  e PIX começaram a fazer parte da rotina dos clientes. 

Inclusive, essa última opção tornou-se preferência entre os consumidores em detrimento do boleto. Ainda, entre os clientes atendidos pela FG, o PIX tem uma taxa de concretização do pagamento 10% maior que o boleto, sem falar do benefício de não segurar estoque.

Tendências do e-commerce para 2022 | Blog da Agência FG

Por isso, é mais que válido a adaptação da loja para oferecer esses meios de pagamento modernos. Isso não significa que os tradicionais devam ser deixados para trás, mas, aderir às novidades é extremamente atrativo. 

Especialmente porque, além do pagamento cair na hora, melhorando o processo de checkout, esses novos formatos oferecem praticidade e segurança para os consumidores.  

Sendo assim, é indispensável otimizar o e-commerce para dispositivos móveis, contar com um checkout adaptado para o mobile e investir na integração do da loja virtual a um gateway de pagamentos para evitar as desistências.

M-Commerce em alta

No último ano, 90% dos consumidores usaram a internet para encontrar uma empresa. Os dados são do levantamento Local Consumer Review Survey 2020, conduzida pela BrightLocal.

Porém, para além disso, é importante atentar-se a como esses usuários fizeram suas buscas. Segundo uma pesquisa realizada em agosto de 2020 pelo Panorama Mobile Time e Opinion Box, 91% dos brasileiros que possuem smartphone já compraram on-line por meio do dispositivo. 

Sendo assim, é indispensável contar com uma loja virtual mobile first com uma boa navegabilidade. Isso impacta positivamente na experiência do usuário e, consequentemente, nas conversões.

Para se ter uma ideia da relevância dessa forma de desenvolvimento, entre os clientes FG, a participação do mobile fica em torno de 65% à 85% do tráfego total do site.

Fortalecimento das vendas pelas redes sociais 

Apesar de não ser a proposta inicial das redes sociais, o comércio por esses canais cresce a cada ano. De acordo com a pesquisa m-Commerce no Brasil 2019, 43% dos consumidores brasileiros usam as redes para fazer compras, com um gasto médio mensal de R$ 466.

Assim, o chamado social commerce, que pode ocorrer pelo WhatsApp, YouTube, Twitter, Pinterest, Instagram e Facebook, tem sido potencializado pelo botão “comprar”, que já está disponível em algumas das plataformas. 

Por isso, consolidar-se com anúncios nesses canais é uma estratégia extremamente válida.

Publicado por Aldo Corrêa de Lima

Advogado; Bacharel em Teologia; Servo do Deus Altíssimo (Cristão Evangélico [Protestante] apaixonado pelas Sagradas Escrituras e pela Seara Divina); Conservador, Líder, Comprometido, Trabalhador, Honesto, Ético e Sonhador; Casado com Willyana Corrêa de Brito (esposa fiel; Fotógrafa; Agente Comunitária de Saúde; Crente e sedenta por servir a Deus; Sonhadora, Meiga, Amiga, Batalhadora).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: