Cuidadores (as) de Pets | PE


O segmento de CUIDADOR DE PETS (Pet Sitter) surgiu no Brasil no ano de 2010 e só tem crescido. Há inúmeros casos de Pet Sitters que passaram a faturar alto em alta temporada, nos períodos em que donos de bichos precisam viajam e têm que deixá-los em casas de pessoas de confiança. Muitos têm recepcionado os bichos de estimação na própria casa e conseguido uma excelente renda extra.
Um Cuidador recebe; hospeda, cuida e ama os animais que recebe para cuidar. Tal profissional também precisa ser qualificado, especialmente em relação à saúde e comportamento animal.  Além disso, precisa ter uma estrutura adequada (ambiente espaçoso; arejado; limpo; com sombra, etc.) para receber os bichinhos e proporcionar-lhe bem-estar adequado, além de higiene; alimentação; primeiros socorros; atividades recreativas com os pets, etc. Importante frisar a importância de constante comunicação com os proprietários, enviando-lhes vídeos e fotos sobre a estadia do pet pelo período em que estiver na posse e responsabilidade do pet.
Embora trabalhar com animais pareça fácil, é necessário muita atenção, responsabilidade e PACIÊNCIA, como relatam trabalhadores do setor. É preciso haver revezamento das pessoas que exercem a atividade, de forma que os pets estejam sempre sob os cuidados dos envolvidos. Outra dica é não ter o ambiente super lotado, pois isso estressa os cães.
Quem recebe os bichos em casa tem que averiguar se a carteira de vacina, o vermífugo e o repelente do animal estão atualizados. O cuidador corre riscos, como o de mordida, por exemplo. Por isso, é importante fazer a pré-avaliação e conhecer o cão antes de hospedá-lo. Ninguém quer pet violento em casa. Fazer a pré-avaliação é fundamental para saber se ele vai se adequar ao cuidador e aos outros pets que estão no ambiente e evitar riscos. Além disso, é necessário estar atento na hora do passeio: conheço caso de animais que se desprenderam da coleira e fugiram. Quem vai cuidar do pet na casa dele tem que observar muito o bicho, pois, como a visita é de geralmente uma hora, o bicho pode se sentir sozinho. Nesses casos, há possibilidade de a imunidade baixar e ele fica vulnerável a outras doenças. Levar para o veterinário é a melhor opção.
O que faz um Cuidador de Animais:
• monitorar acasalamento de animais;
• distribuir alimentos em recintos;
• identificar medicamentos;
• controlar qualidade de alimentos;
• higienizar narinas e orelhas de animais;
• exercitar animais;
• plantar pastagens;
• sacrificar animais;
• relatar ocorrências;
• definir objetivo de amansamento;
• passear com animais;
• aclimatar animais;
• punir comportamentos;
• armazenar alimentos;
• treinar colegas de trabalho;
• amarrar animais;
• assessorar em intervenções cirúrgicas;
• criar estímulos ambientais;
• separar animais em recintos;
• estabelecer contato com animais;
• manifestar iniciativa;
• medir temperatura de animais;
• recolher dejetos, lixo e restos de alimentos em recintos e adjacências;
• executar tratamento de travagem;
• trabalhar em equipe;
• processar alimentos;
• monitorar postura de ovos;
• demonstrar sensibilidade táctil;
• participar de atividades educativas e culturais;
• atentar-se para detalhes;
• auxiliar animais em trabalho de parto;
• assessorar em pesquisas;
• manifestar paciência;
• planejar captura de animais;
• pulverizar ectoparasiticidas em animais e recintos;
• monitorar doenças, lesões e traumatismos em animais;
• conferir estado físico de animais;
• escovar animais;
• imobilizar animal para castração; etc.
Algumas funções no exercício da profissão:
• tratar sanidade de animais;
• demonstrar competências pessoais;
• manejar animais;
• realizar atividades de apoio;
• condicionar animais;
• adestrar animais;
• higienizar animais e recintos;
• alimentar animais;
• castrar animais;
• monitorar saúde e comportamento de animais;
• inseminar animais; etc.
DOG WALKER é em uma tradução literal para profissão de PASSEADOR DE CACHORROS, com essa tradução você já sabe o que um dog walker faz: passeia com o cão. Contratar uma pessoa para passear com os cachorros pode ser uma solução para o tutor sem tempo ou que está viajando.
Para se tornar um dog walker a pessoa precisa de um treinamento, já que a profissão demanda amor, paciência e até o treinamento dos cães. Treinar um cachorro não é simples como parece, eles possuem personalidades únicas, por isso é necessário fazer um curso de adestramento.
Os dog walkers também podem oferecer vários serviços extras (aparar as unhas dos animais; oferta de banho e tosa, etc.).



Nesta 1ª FASE DE IMPLANTAÇÃO, estaremos inaugurando nosso Projeto de Negócios a partir de nosso Estado. Nossa pretensão para a 2ª FASE é atuar em todo o NORDESTE e, na 3ª, nos demais Estados da Federação, por REGIÃO, a partir do SUDESTE, depois, o SUL e, em seguida, o CENTRO-OESTE e o NORTE.

Que Deus nos abençoe a TODOS !

Publicado por Aldo Corrêa de Lima

Advogado; Bacharel em Teologia; Servo do Deus Altíssimo (Cristão Evangélico [Protestante] apaixonado pelas Sagradas Escrituras e pela Seara Divina); Conservador, Líder, Comprometido, Trabalhador, Honesto, Ético e Sonhador; Casado com Willyana Corrêa de Brito (esposa fiel; Fotógrafa; Agente Comunitária de Saúde; Crente e sedenta por servir a Deus; Sonhadora, Meiga, Amiga, Batalhadora).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: