Dj´s – Sonoplastas (etc.) | PE


O PRODUTOR MUSICAL trabalha em estúdio. Para criar as músicas, o produtor musical trabalha em um estúdio completo, aliado a músicos de primeira linha. Isso se faz necessário porque cada canção exige a gravação de faixas com diferentes instrumentos. Uma música que tenha violões, bateria, baixo, teclado e violino, por exemplo, precisa que cada instrumento seja gravado em separado. Para isso, é necessário um estúdio com equipamentos e microfones de alta qualidade para captar o som de maneira perfeita. O produtor musical é o profissional responsável pela criação da canção. É ele quem tira a melodia e a letra do papel e dá vida à música completa. Seu trabalho é realizado no estúdio e cuida de cada arranjo, instrumento, vocal ou temporização para que a obra seja perfeita.
O DJ é aquele que cria seleções de músicas para divulgação ao público, manipula obras fonográficas, cria ou recria versões e executa montagens sonoras oara a criação de obras inéditas. Como não precisará gravar nenhuma faixa, não precisa trabalhar em estúdio. Caso tenha o equipamento adequado em casa, pode mixar suas músicas ali mesmo. Apesar de trabalhar com mixagem, remixes e edição de som, o DJ é um profissional cuja rotina de atuação envolve performances ao vivo. Grande parte do seu trabalho é tocar para o público em eventos fechados ou abertos, que vão desde festas de aniversário, casamentos ou confraternizações empresariais, até festivais de música eletrônica, shows e performances artísticas. O que um DJ profissional faz é resultado de um conjunto de habilidades que requer estudo e prática. Guardadas as devidas proporções, é mais ou menos o que um maestro faz com uma orquestra – ele conduz cada seção dela para enfatizar essa ou aquela parte da peça musical que eles estão executando. Ele filtra as suas próprias emoções, as do público e as traduz em um set de discotecagem. Assim, dá para dizer também que o DJ é um mediador de bons sentimentos para a sua plateia.
O TÉCNICO DE ÁUDIO é um profissional capaz de criar projetos de sistemas de sonorização e gravação. Dessa forma, ele pode preparar, instalar e desinstalar equipamentos de áudio, seus acessórios e também auxilia o operador de som quando for necessário. Este profissional também consegue projetar sistema de sonorização ao vivo. Além disso, consegue identificar certas falhas nos sistemas de áudio e tem a solução correta para agir e resolver o problema. 
A SONOPLASTIA é o nome dado à comunicação pelo som. Sendo assim, o sonoplasta se torna o responsável pela sonorização. A sonorização nada mais é que a realização de efeitos especiais e fundos sonoros – ou aqueles efeitos especiais que ouvimos tanto no rádio, quanto na televisão, em filmes, séries e programas. O profissional trabalha como um “artista plástico” do som. Ele irá usar os seus conhecimentos para trabalhar com a trilha sonora de um produto. Quando falamos trilha sonora, o trabalho do sonoplasta vai além de apenas acrescentar uma música romântica em uma cena de amor, por exemplo. Uma de suas principais funções é o processo de adicionar às cenas a música exata para causar a sensação certa a ser passada. Com muito cuidado, a trilha sonora deve se tornar o par perfeito com a situação que está sendo mostrada.  Além de tudo isso que já comentamos, o sonoplasta costumava ter um trabalho a mais! Para simular as mais diversas situações, antigamente os sonoplastas tinham que criar sons do zero até que se assemelhassem às suas necessidades. Diversos materiais eram utilizados, como folhas de papel, pentes, areia e qualquer coisa que os ajudasse no momento. Hoje em dia, já é possível encontrar bancos on-line com milhares de efeitos de som diferentes.
Já o OPERADOR DE SOM trabalha especificamente com a manipulação e operação de equipamentos de som. Ele, junto com o assistente de som, efetua o controle de todo o som durante os ensaios e espetáculos. Ele é o responsável por captar e registrar o som. Além de entender bem sobre o funcionamento técnico de todos os aparelhos, como as mesas de som e de mixagem, é um diferencial importante ter uma sensibilidade teatral e uma atenção maior com a música. É de extrema importância ter esse tipo de conhecimento, uma vez que o operador de som precisa dominar todas as fontes de som. Além disso, é necessário saber em qual momento em que precisará mixar/misturar dezenas de canais e fazer com que cada um dos instrumentos se torne audível dentro do mix, e que todos eles cheguem ao áudio gerado para o público. Frequentemente, técnicos de áudio também atuam como operadores.



Nesta 1ª FASE DE IMPLANTAÇÃO, estaremos inaugurando nosso Projeto de Negócios a partir de nosso Estado. Nossa pretensão para a 2ª FASE é atuar em todo o NORDESTE e, na 3ª, nos demais Estados da Federação, por REGIÃO, a partir do SUDESTE, depois, o SUL e, em seguida, o CENTRO-OESTE e o NORTE.

Que Deus nos abençoe a TODOS !

Publicado por Aldo Corrêa de Lima

Advogado; Bacharel em Teologia; Servo do Deus Altíssimo (Cristão Evangélico [Protestante] apaixonado pelas Sagradas Escrituras e pela Seara Divina); Conservador, Líder, Comprometido, Trabalhador, Honesto, Ético e Sonhador; Casado com Willyana Corrêa de Brito (esposa fiel; Fotógrafa; Agente Comunitária de Saúde; Crente e sedenta por servir a Deus; Sonhadora, Meiga, Amiga, Batalhadora).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: